Todas as publicações de: Arlete Gudolle Lopes

Arlete Gudolle Lopes

Sobre Arlete Gudolle Lopes

Arlete Gudolle Lopes é santiaguense, professora, palestrante e escritora. Casada, mãe de três filhos e avó de dois netos. Formada em Letras, especialista em Teoria e Prática do Processo Educacional. É autora dos livros “O inquietante perfume de cravos” e “Fugaz Eternidade”, além de artigos e poemas publicados em Zero Hora e outros jornais, sites e revistas do país. Em 2015 foi Patrona da Feira do Livro.


O que faz a diferença

(Arlete Gudolle) Ao perceber o curto tempo que ainda me resta viver, coisas que preciso fazer se avolumam e a intenção de concretizá-las me angustia, decidi ser mais seletiva. Comecei a deletar tudo o que pouca importância agrega nesse modo…

Um tempo para recordar

(Arlete Gudolle) Nunca fui saudosista. Como tenho profundo respeito por quem me lê e fico feliz com elogios recebidos dos leitores, hoje escreverei sobre um local mágico da Terra dos Poetas. Por sugestão da encantadora colega de Magistério Ieda Maria…

Por que não ser feliz?

(Arlete Gudolle) Muitas pessoas já não mais acreditam na felicidade. Eu, não! Escrevi muitas vezes que para ser feliz basta bem pouco. Encanto-me com amores-perfeitos que, emurchecidos pelo tempo e a chuva, teimam em renascer todos os dias. Vibro ao…

Coração pulsante de gratidão

(Arlete Gudolle) Sempre que tenho oportunidade de mostrar o meu reconhecimento por algum feito ou palavras geradoras de felicidade, se efetivado com sucesso e rapidez algum pedido meu para a realização de tarefas, procuro tornar público esse sentimento maravilhoso chamado…

Um voejar de borboletas

(Arlete Gudolle) Toda vez que preciso realizar alguma atividade, seja de importância menor ou de grande relevância, empresto a ela dedicação esmerada, tempo e paixão. Termina dando certo não sem angústia, sofrimento e um insuperável medo, receosa de que o…

Uma tarde para não esquecer

(Arlete Gudolle) Sem constrangimentos, alardeio que preciso de bem pouco para ser feliz porque procuro olhar a vida, as pessoas e as situações que vivencio com o mais límpido e amoroso dos olhares. Procuro deletar as mágoas e manter, com…

Causas e consequências da greve de caminhoneiros

(Arlete Gudolle) Escreveria em apoio à greve de caminhoneiros e às reivindicações justas. No entanto, os transtornos gerados pelo tolhimento da liberdade de ir e vir estão fazendo o povo a vítima maior apesar de já tão castigado pelo descaso…

Os encantos da primavera e o conchego do inverno

(Arlete Gudolle) Das estações do ano, gosto da primavera e do inverno. Pela primeira, tenho predileção porque acaricia, aconchega, espalha perfumes e cores pelos jardins, exibe-se majestosa nos canteiros de ruas, adorna praças, árvores e campos. De início, apresenta-se tímida,…

Um Brasil sem corrupção é possível?

(Arlete Gudolle) Para entender a corrupção no país, deve-se retroceder à época do descobrimento, lembrando que o Brasil originou-se de brancos, negros e índios. O branco, oriundo da escória renegada de Portugal à época da colonização e o que veio…

O doce e amargo paraíso das mães

(Arlete Gudolle) Nós, as mães, vivemos em mundo de dupla dimensão: o das lágrimas, ranger de dentes e o do sorriso de boca alargada. No primeiro, cabem todas as dores, noites de vigília, choro incontido, frustrações, desencantos, fúrias e arrependimentos….