Todas as publicações de: Tadeu Martins

Tadeu Martins

Sobre Tadeu Martins

Nascido em São Chico, Tadeu Martins é casado com Rose Mari Martins com quem tem quatro filhos: Elisandra, Glauber Eduí, Igor Ramiro e Indira. Estudou Arquitetura na UNISINOS, Artes Instituto Fernando Barim. Membro fundador das Academias de Letras de Santo Ângelo e Santiago, patrono Aureliano de Figueiredo Pinto. Galeria de Honra dos escritores de Santiago. Delegado da Estância da Poesia Crioula do RS. Possui 12 livros editados. Como Artista Plástico realizou dezenas de exposições no Brasil e exterior. Prêmio Martin Fierro - DF. Galo de Ouro de Gramado. Destaque Artes Plásticas década 80 - RS. Vencedor e jurado dos principais Festivas de Músicas Nativistas - RS e SC. Várias Esculturas Públicas. Troféu Clave de sol - RS e Estado em Artes - RS. Poeta Homenageado Assembleia Legislativa Maçônica. Comenda Sepé Tiaraju, Canoas.
  • facebook


Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) Novembro é o mês do livro Que repagina a cultura, Abre folhas aos leitores Que se encontra o que procura, Best-sellers do seu gosto É o que dá melhor leitura. O livro é um professor Que tem a…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) Difícil de acreditar Homens velhos com peçonha, Envenenando o Brasil Que tem o povo que sonha, Com sua pátria saudável Pra nunca sentir vergonha. O que o Brasil presenciou Num retórico debate, Sobre uma lei vara verde Quando…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) Hoje eu trovo meio esdrúxulo Na minha trovinha histérica, De tanta coisa que escuto Talvez notícia genérica, Da língua de um celular Que se torna estratosférica. A notícia corre tanto Que até vence um taquígrafo, E se esconde…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) Eu vi uma pomba e um pombo Lá no céu que se amarela, O pombo voando faceiro Bem assim cuidava dela, Com uma asa voava Com a outra abraçava ela. Eu vi um sabiá cantando Num gorjeio chantagista,…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) Sementes de poesia Que o vento faz semeadura, Já cai no solo brotando Com a chuva de cultura, Se colher com melodia Fica mais bela a mistura. Toda a palavra em ternura Por onde a poesia brota, Quando…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) 4 e 5 de outubro Terá muito coração, Batendo por trás das gaitas Na frente canto e violão, As noites serão pequenas Pra caber tanta canção. Cantar os melhores versos Porém sem ser um Caetano, Sem ser um…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) São três coisas no Rio Grande Que o setembro mostra cores, O 7 verde – amarelo Com patriotismo e valores, O 20 orgulha o vermelho E o colorido das flores. O 7 verde – amarelo Dos laços fora……

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) O setembro vem ao trote Carregando a luz na mão, Pra iluminar os amores Que temos deste torrão, E esbarra boleando a perna Na pira da tradição. É o clarão que vem de riba Ao invés de vir…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) O agosto se foi embora Uivando na voz do vento, Porque agosto é do desgosto O dito mês azarento, Deixa o dito por não dito Por ter fama de agorento. É o mês que noiva não casa Porque…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) A minha trova agradece A estrada de Bossoroca, Quanto mais nasce buraco Mais a inspiração provoca, Tem verso tapa-buraco Tem buraco que se emboca. É um sovéu ressequido Enleado de maçaroca, Torce pra cá e pra lá E…