Todas as publicações de: Tadeu Martins

Tadeu Martins

Sobre Tadeu Martins

Nascido em São Chico, Tadeu Martins é casado com Rose Mari Martins com quem tem quatro filhos: Elisandra, Glauber Eduí, Igor Ramiro e Indira. Estudou Arquitetura na UNISINOS, Artes Instituto Fernando Barim. Membro fundador das Academias de Letras de Santo Ângelo e Santiago, patrono Aureliano de Figueiredo Pinto. Galeria de Honra dos escritores de Santiago. Delegado da Estância da Poesia Crioula do RS. Possui 12 livros editados. Como Artista Plástico realizou dezenas de exposições no Brasil e exterior. Prêmio Martin Fierro - DF. Galo de Ouro de Gramado. Destaque Artes Plásticas década 80 - RS. Vencedor e jurado dos principais Festivas de Músicas Nativistas - RS e SC. Várias Esculturas Públicas. Troféu Clave de sol - RS e Estado em Artes - RS. Poeta Homenageado Assembleia Legislativa Maçônica. Comenda Sepé Tiaraju, Canoas.
  • facebook


Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) Não havia o que temer Nem porque ser acusado, Não lavou nenhum dinheiro Sempre foi homem honrado, – E quem não deve não temer Dizendo o velho ditado – Nunca soube o que é propina Nunca escondeu seus…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) Ligando a televisão Meu Brasil do bangue-bangue, A tela fica com medo Mostrando cenas de gangue, Por cima cheira maconha E por baixo escorre sangue. Aonde fica a insanidade De um tal doutorzinho cheio, Que mata seu próprio…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) Como pode o ano novo Ter muita dificuldade, Com dores na gestação Doenças de brasilidade, E veio nascer em março Com crise de meia-idade. Tudo começando em março Na vida do ano novo, Depois das férias, das praias…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) Carnaval é festa cara Mas o Brasil se destaca, O povo quer alegria E chega de urucubaca, Se o Brasil ficou feliz Vale a pena ter ressaca. Rio de Janeiro e São Paulo Com muito samba no pé,…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) Maduro larga o baraço Tua vida se amarela, Não chove na tua horta Cresce muito inço nela, Se amadurecer demais Apodrece a Venezuela. Assim é a natureza Quem chega um dia se vai, Se nascer um dia morre…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) O que é isso meu Brasil Foi o lodo em Brumadinho, Foi água cobrindo o Rio Terra atacando caminho, Lixo boiando em São Paulo E fogo queimando ninho. É o azar que foi ficando Tomara que não se…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) O tempo da minha Santiago Sempre foi meio indecente, Tem um vento carinhoso Que bule evidentemente, A lua é flor de dengosa E o sol é louco de quente. Dá vontade de brigar Tem muito homem valente, Muita…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) As chuvas pelo Rio Grande Não teve fim nem começo, O campo todo alagado Pasto bom sem endereço, O boi baixando de peso O boi subindo de preço. A manhã abre bonita O meio-dia nublado, De tarde as…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) Na semana que passou Bateu água de boléu, Muita casa ribeirinha Se foi para o beleléu, Houve um rachamento grande Na caixa d’água do céu. Despejou pelas 6 horas A chuva em grande quantia, Passou o dia inteirinho…

Trovas do Atanásio

(Tadeu Martins) O sol embeleza as nuvens E a paisagem nas condutas, O vento que aquece o dia De noite faz as permutas, E cada dia que passa Vai mudando a cor das frutas. Cada verão é um verão Com…