Trovas do Atanásio

Publicado por em .

(Tadeu Martins)
Quem dirige em Santiago
Sabe bem o que se passa,
No vermelho a gente pára
No verde a gente passa,
Aqueles que não conhecem
Têm que levarem a taça.

A taça do descuidado
Taça de gente nervosa,
Taça do passar na frente
E repete por teimosa,
Taça de pensar só nele
Da direção perigosa.

Não sabe o valor da vida
Que as vezes se vai num prisca,
Quando vem a indecisão
É na hora que se arrisca,
E sai do estacionamento
Sem nunca ligar o pisca.

Por isso minha Santiago
Cuidado com esses loucos,
Ou não cnohecem sinais
Ou são cegos ou são moucos,
Parece que os de respeito
Estão se virando em poucos.