A chikungunya chegou de vez em Santiago

A chikungunya chegou de vez em Santiago

Apesar de todos os pedidos para que os santiaguenses evitassem a proliferação do aedes, o mosquito tomou conta da cidade, com índice de infestação muito acima do tolerável. O temor que a doença chegasse apareceu em maio e 19 pacientes estão com os sintomas. Os exames clínicos já confirmaram nove casos de chikungunya, doença similar à dengue, mas com período de recuperação muito demorado; entre três meses e um ano.

A chikungunya chegou de vez em Santiago

Multa e inseticida
O prefeito Tiago Gorski e a secretária Gisélle Ribeiro falaram das medidas que serão tomadas para combater o mosquito. Pediram que denúncias de terrenos sujos e de água parada sejam feitas pelo fone 3249-7600, que a Prefeitura irá multar os donos responsáveis. O valor vai de

Conteúdo liberado somente para assinantes