A história da gruta está cada vez mais confusa

A história da gruta está cada vez mais confusa

Nova Esperança – Após a morte do jovem Gustavo Souza na cascata da gruta, o desacerto entre administradores do local e igreja ficaram mais evidente. O padre Arnaldo Pivoto explicou que o conselho paroquial é o responsável por tomar decisões referentes à gruta. O presidente do conselho, Gaspar Bastos, disse que a pendenga com Caren Santoli (administradora) e a família se arrasta há anos. Falou que o serviço prestado pelos cuidadores da gruta era excelente, mas nos últimos anos as reclamações aumentaram. Os banheiros, por exemplo, estão sempre fechados e sujos.

Nem dinheiro ou sequer um prego
Gaspar também disse que Caren e a filha Carla Santoli deixaram de repassar à igreja parte do que é arrecadado com a visita de turistas e não prestam contas, além de cobrar indevidamente os nova-esperancenses que visitam o local. Também reclamou que na última festa da

Conteúdo liberado somente para assinantes