A maior dor

Publicado por em .

A maior dor

(Sandra Siqueira)
Quando alguém morre, sempre lamentamos. Se for uma pessoa idosa, a tristeza ainda assim é sentida, mas o consolo vem do fato dessa pessoa ter vivido, ter aproveitado a vida. De ter tido a chance de crescer, amar, ser amada, ter alegrias, aprender lidar com as tristezas, enfim. Mas quando morre uma criança, a dor é enorme, porque morre junto a esperança de uma vida plena a ser vivida. Essa não é ordem natural das coisas. Porém, quando alguém rouba a vida de uma criança, isso é injustificável… imperdoável!

A dor sentida pelos pais do filho arrancado da vida ecoa na alma de todos aqueles que têm filhos. Toca com tristeza o coração de toda alma humana que sabe o quanto é doloroso enterrar um filho. E não há como não se perguntar: por que, meu Deus? Por que é permitido machucar tanto o coração de uma mãe e de um pai? Ainda que tenhamos fé que exista um mundo espiritual onde não há dor nem sofrimentos para os bondosos de coração, é difícil aceitar sem chorar, sem protestar e sofrer. Aqui seguimos cada vez mais conscientes de como é frágil a vida e de que realmente é preciso amar como se não houvesse amanhã. #luto #JoãoVitor