A quem recorrer quando falta luz?

Publicado por em .

A quem recorrer quando falta luz?

A resposta parece óbvia: RGE.
Acontece que muitos consumidores da região estão descontentes com o serviço da concessionária de energia, alegando que a demora para religamentos simples (levantar uma chave nos transformadores) é de até uma semana.

Em Jaguari, a vereadora Cátina Monteiro (PDT) denunciou a situação e a comunidade está fazendo um abaixo-assinado para encaminhar à Promotoria e Aneel, exigindo que a RGE melhore o atendimento, já que existe oscilações de energia e demora nos atendimentos, fatos que se repetem há meses.

Queixa na Promotoria
Em São Chico, o assunto chegou à Câmara, onde os vereadores reuniram produtores rurais e lideranças para encontrar uma saída. Houve até queixa na Promotoria. A falta de luz já causou perdas em estufas de fumo e produção de leite. Recentemente, um morador ficou 13 dias sem energia e precisou comprar um gerador.

Jaguari – Já não bastasse o sofrimento dos agricultores com os acumulados de chuva, eles estão indignados com as constantes quedas de energia, que acontecem não só em dias de chuva. A família Wesz, da localidade de Linha 7, soma mais de 12 mil em prejuízos com a falta de luz. “No tempo da AES Sul a gente ligava e eles vinham imediatamente resolver o problema. Numa ‘estufada’ que demora sete dias pra ficar pronta, chegamos a ficar 36 horas sem luz. E o nosso prejuízo, quem vai pagar?”, questionam.

Na propriedade da senhora Nilza da Silva Denardi, em Fontana Freda, o problema é ainda mais grave. Além da perda na produção, a conta de luz ficou mais cara pelo fato dela ter se aposentado.

As explicações da RGE
O Expresso entrou em contato com a assessoria de imprensa da RGE, em Porto Alegre, e questionou sobre os principais problemas relatados pelos consumidores.

Por que a RGE fechou o escritório em Santiago, deixando apenas um ponto de atendimento ao público em uma loja de ferragens em um bairro distante do centro?
O atendimento através de parceiro credenciado é uma realidade já adotada em mais de 300 municípios da área de concessão. Muitos dos serviços buscados presencialmente podem ser facilmente acessados pelos canais digitais, aplicativo “CPFL Energia” ou ainda pelo site www.rge-rs.com.br. Os demais canais de atendimento da RGE, disponíveis 24 horas, são a Agência Digital (servicosonline.cpfl.com.br) e o SMS RGE: Envie seu código (está na fatura de energia) para o número 27350.

Seguidamente, consumidores reclamam que a demora para religamento (levantar uma simples chave no transformador) leva mais de semana. Por que isso ocorre?
Para respondermos a essa questão precisamos saber de qual ocorrência estamos falando. Religar uma rede elétrica, em quaisquer circunstâncias, exige que se observe uma série de procedimentos técnicos e de segurança.

A quem recorrer quando falta luz?

A Sirtec é uma das empresas parceiras.

Qual empresa presta o serviço de ligações e religações em Santiago e região?
A Sirtec ainda é a responsável por esse serviço? A RGE possui várias empresas parceiras em toda a área de concessão, entre elas, a Sirtec.

Pela lei, qual o tempo máximo que um cliente pode ficar sem energia, sem levar em consideração casos excepcionais (danos generalizados na rede causados por temporais)?
Depende do tipo de interrupção. Há desligamentos programados para obras com durações variáveis. As situações emergenciais, como temporais e acidentes de trânsito, dependem da complexidade dos danos e até mesmo do tempo que demora para que os técnicos da RGE possam começar a trabalhar. Exceto os desligamentos programados para obras ou manutenção, todas as demais interrupções são alheias à vontade da RGE.

Por que há tanta demora e pouca resolução quando os consumidores ligam para o 0800?
A RGE oferece vários canais de atendimento ao cliente já citados anteriormente que podem agilizar o atendimento, entre eles o 0800 970 0900.

O problema não sendo resolvido em tempo hábil, o correto é reclamar à Ouvidoria da RGE ou à Aneel?
A RGE orienta que o cliente entre em contato com a empresa através dos canais de atendimento a fim de registrar a referida situação. Tendo feito isso, a RGE disponibiliza a Ouvidoria aos seus clientes (0800 541 3336), para reclamações em segundo nível.

Quando falta energia, o cliente tem direito a descontos na conta?
Quando falta energia não há consumo, portanto, o medidor está parado, sem nenhum custo ao cliente. A distribuidora só cobra pela energia consumida.

Quais os investimentos para Santiago e região em 2019?
Quanto foi investido em 2018? De janeiro a setembro de 2018 a RGE investiu quase cinco milhões em Santiago, onde substituiu 460 postes de madeira pelos de concreto e construiu 10 Km de rede nova composta por condutores protegidos e de alta tecnologia.

Na região – Os municípios de Santiago, Jaguari, São Francisco, Mata, Unistalda, São Vicente e Cacequi foram beneficiados com o plano preventivo de obras da distribuidora. A distribuidora trocou ainda mil postes de madeira por de concreto nas sete localidades. Os investimentos de 2019 ainda não foram divulgados.