Adolescente vítima de abuso morre em suicídio assistido ao lado dos pais

Publicado por em .

Holanda – A jovem Noa, 17 anos, decidiu dar um fim a seu sofrimento após anos de estresse pós-traumático, depressão e anorexia em decorrência dos abusos do passado. A jovem anunciou que havia parado de comer e beber há alguns dias e que estava determinada a morrer cercada por seus pais, amigos. Assim, graças ao consentimento dos pais, morreu em sua casa.

Obs. Na Holanda, a eutanásia pode ser solicitada e aplicada em casos de sofrimento psicológico insuportável.

Despedida dos fãs
Noa era conhecida por seu livro sobre abusos e agressões sexuais. Ela despediu-se de seus seguidores no Instagram com uma mensagem: “Não vou fazer rodeios: vou estar morta em dez dias. Após anos de batalha, minha luta acabou. Finalmente vou me libertar do sofrimento. Não tentem me convencer de que isso não é bom. É uma decisão bem ponderada. Faz tempo que eu não vivo, eu sobrevivo, e até isso mal faço”.