Apesar de ampliado, presídio segue cheio

Publicado por em .

O deputado Marcelo Brum e a direção do presídio.

Santiago – O deputado Marcelo Brum convidou os jornalistas Júlio Prates, Rafael Nemitz e João Lemes para uma visita ao presídio. Ele ficou perplexo com a situação dos apenados, que se amontoam em 16 em cada cela, cuja capacidade é seis. O presídio foi ampliado no ano passado para 128 vagas. No entanto, já está superlotado, com quase 200.

Situação dos 30 agentes
Marcelo Brum também ficou preocupado com a situação dos 30 agentes que se revezam no trabalho. Alguns chegam a comprar medicamentos para os presos e gastam do próprio salário em pequenos reparos nas cercas. Diante de tudo o que viu, o deputado declarou que trabalhará pela ampliação ou construção de um novo presídio e que também pretende ajudar na ressocialização.

Presos em viaturas
No final de semana a superlotação nas cadeias voltou à discussão. Mais de 20 presos passaram a Semana Santa detidos em viaturas em Porto Alegre, já que não havia vaga nos presídios. O Estado tem 42 mil condenados, mas as vagas se resumem a 30 mil. Com a construção de novos presídios, mais de mil novos lugares serão abertos, mas ainda insuficientes.