Como pode ficar a questão das armas?

Como pode ficar a questão das armas?

Onyx Lorenzoni, homem forte do novo presidente, disse que o Brasil gastou muito para perguntar o que a sociedade queria em 2005, no referendo. “A sociedade disse sim, queremos manter o direito à legítima defesa. Os governos Lula e Dilma deram um não à vontade popular. Então, a ideia é permitir que a pessoa tenha arma em casa”, frisou.

Porte, só para os altamente habilitados
“Assim, o cidadão que cumprir a lei, que fizer os testes psicológicos, de tiro e de legislação, for aprovado e não tiver antecedentes criminais, terá a posse. Já o porte sempre terá características muito mais rígidas, porque tem que ser para aqueles altamente habilitados. Outro ponto é voltar a conceder porte ao homem do campo”, disse Lorenzoni.

Como pode ficar a questão das armas?

Delegado Guilherme Antunes.

Arma do crime usada contra o crime
(Por Guilherme Antunes- delegado)
Já que o assunto é o desarmamento, é importante que tu saibas o que a Polícia Civil do RS faz com as armas que são apreendidas em poder dos criminosos. Sabia que em dois anos incorporamos 72 armas, retiradas das mãos de criminosos, ao uso pelos policiais civis?

Como funciona?
Após a apreensão da arma e demonstrado o interesse em sua incorporação, há uma avaliação técnica e a busca da autorização judicial. Após os registros de praxe, as armas estão aptas ao uso contra o crime. Então, podemos dizer que usamos o produto do crime contra o crime, gerando mais segurança para nossos policiais e para você.