Crime brutal em Nova Esperança

Os moradores foram surpreendidos na tarde de domingo, 21, com a notícia da morte de uma das pessoas mais queridas da comunidade.  Inês Engroff Schmidt, 52 anos, foi encontrada morta em sua casa, com várias facadas pelo corpo e golpe de tijolo na cabeça. A empresária, dona da floricultura Mundo Vivo, teria sido assassinada durante a madrugada, período em que ficou sozinha, mas o corpo foi encontrado apenas às 14h. A polícia trabalha com a hipótese de crime passional, já que o ex-companheiro da vítima está desaparecido. Inês era natural de Porto Xavier, mas morava em Nova Esperança há vários anos. Era mãe de três filhos, entre eles Alcione Schmidt, vereadora no município.