Deputado santiaguense agredido

Publicado por em .

O deputado Marcelo Brum (PSL) foi agredido por seu chefe de gabinete na última quarta 25, ao demiti-lo. Segundo assessores do gabinete, o deputado levou socos no rosto e gritou por ajuda no corredor. Ainda, de acordo com funcionários, Brum foi ao departamento médico da Câmara, pois teve pequenos cortes na boca e não participou dos trabalhos nesse dia.

Quem é o agressor?
Trata-se do santiguense Ricardo Jornada da Rosa, esposo de Natalie Sonza Diefenbach, que também era assessora do deputado. A redação conversou com Ricardo, o qual não deu muitos detalhes do ocorrido, classificando-o apenas como um desentedimento. Frisou ainda que vai ficar morando em Brasília, já que atua como advogado.

Nota oficial do deputado Marcelo
Informamos que um secretário parlamentar foi comunicado da sua exoneração e, não conformado, agrediu fisicamente o deputado federal Marcelo Brum, que não reagiu e chamou a polícia legislativa, a qual tomou as providências. O deputado reitera os votos de sucesso a todos que trabalham e trabalharam com ele, independentemente desse ocorrido. Também reafirma que continuará seu trabalho em defesa do povo do Rio Grande e por todos aqueles que acreditam em um Brasil Melhor.