Eles representam Santiago

Eles representam Santiago

O Expresso pesquisou no site do TSE e identificou vários candidatos nascidos ou criados em Santiago e que concorrem a deputado. Caso algum não tenha sido citado, basta informar sua situação à redação que será citado nas próximas edições. (Nome que aparecerá na urna):

Candidatos a estadual:
Bombeiro Bianchini. Nasceu em Santiago e concorre com o nº 22999. É deputado e declarou patrimônio de 311 mil reais.

Tenente Coronel Giovani Pasini. Nasceu em Santiago e concorre com o nº 51111. É militar reformado e declarou patrimônio de 685 mil reais.

Ruivo. Nasceu em Santiago e concorre com o nº 11444. É veterinário e declarou patrimônio de 415 mil reais.

Márcio Bitencourt. Nasceu em Santa Maria e concorre com o nº 12200. É policial civil e declarou patrimônio de 533 mil reais.

Candidato a federal:
Marcelo Brum. Nasceu em Santiago e concorre com o nº 1755. É locutor, comentarista e radialista e declarou patrimônio de 195 mil reais.

Eles representam Santiago

Mateus Bandeira e Eduardo Leite.

Ricos candidatos do Rio Grande
Já estão disponíveis no site do TSE as declarações de bens de todos os postulantes ao governo gaúcho. Quatro dos oito candidatos a governador têm patrimônio superior a um milhão, com destaque para Mateus Bandeira (Novo), que declarou patrimônio de 25 milhões. Na sequência aparece Miguel Rossetto (PT), com bens que chegam a um milhão e 500 mil. Jairo Jorge (PDT) está em terceiro na lista. O pedetista relatou posses de um milhão e 300 mil. Na 4ª posição, o atual governador do Estado, José Ivo Sartori (MDB), informou bens calculados em um milhão e 200 mil.

Os mais pobres
Depois de Sartori, a lista traz o nome de Paulo de Oliveira Medeiros (PCO). O candidato registrou bens avaliados em 650 mil. Roberto Robaina (PSOL) e Júlio Flores (PSTU) vêm na sequência. O candidato do PSOL apresentou patrimônio de 210 mil, e o do PSTU, de 60 mil. O menor patrimônio declarado entre os candidatos é o de Eduardo Leite (PSDB). O tucano informou bens no valor de 32 mil e 500 reais.

Eles representam Santiago

João Amoêdo e Vera Lúcia.

Candidatos com muitos milhões…
Na eleição presidencial, o candidato mais endinheirado é João Amoêdo (Novo), que declarou 425 milhões. Ele é seguido por Henrique Meirelles (MDB), dono de 377 milhões. Quem mais se aproxima da dupla é João Goulart Filho (PPL), que declarou mais de 8 milhões. É acompanhado de perto por Lula (PT), com 7 milhões e 987 mil. José Maria Eymael (DC) informou patrimônio de mais de seis milhões.

…e outros com quase nada
Cabo Daciolo (Patriota) não declarou nada, e Guilherme Boulos (PSOL) garante ter capital de 15 mil. O concorrente pelo Podemos, Álvaro Dias, revelou bens que somam 2 milhões e 889 mil. Ciro Gomes (PDT) acumula um milhão e 695 mil. Alckmin (PSDB) tem um montante de um milhão e 379 mil. Jair Bolsonaro (PSL) figura na lista com dois milhões e 286 mil. A candidata da Rede, Marina Silva, declarou um total de bens de 118 mil. Vera Lúcia, do PSTU, declarou apenas um terreno de 20 mil.