Funcionário da URI foi encontrado morto em casa

Santiago – Paulo Eraldo Ferreira (39) do Carmo foi encontrado morto em sua casa, rua Hipólito Garcia, Corredor das Tropas, fundos da URI. Ele era funcionário da URI e aluno do curso de Pedagogia. Um colega ressaltou que não via a vítima desde sexta (15). Do interior da casa exalava um mau cheiro. As portas e janelas estavam trancadas, sendo necessário arrombá-las. O corpo estava na cama, tapado com cobertas e um mosquiteiro. Não havia sinais de violência no corpo nem de arrombamento do imóvel. Conforme declarações de colegas, ele morava sozinho. A Polícia Civil vai investigar as circunstâncias da morte.