Jaguari é o paraíso na terra

Publicado por em .

É assim que o vereador Igor Tâmbara define a sua cidade
Com apenas 27 anos, ele já lidera a Câmara por dois anos e auxilia o prefeito e seu partido em várias frentes de trabalho, tudo graças à sua capacidade de comunicação, liderança e articulação. Igor Tâmbara, um apaixonado por sua terra, dá exemplos também na iniciativa privada e promove shows nacionais, algo que ninguém foi capaz de fazer em quase 100 anos de Jaguari. Agora ele fala de futuro, faz planos além do centenário da cidade e não nega que está preparado para concorrer ao Executivo pelo MDB.

Você pertence a uma família de políticos tradicionais. Como esse legado faz parte da tua forma de fazer política?
Tenho orgulho, gratidão e amor pelos meus familiares. Devo tudo a eles. Minha mãe, a Beca, que também foi vereadora é mulher guerreira, utilizando o diálogo e a busca do consenso. Meu pai, Eudo, é meu exemplo de homem público. O pai sofreu com acusações infundadas, mas sempre esteve de cabeça erguida e com a consciência tranquila. Sempre foi um político de discurso forte, coerente e visionário, mas de coração gigante e em busca do progresso de Jaguari. A sua vida sempre foi dedicada a construir uma Jaguari de futuro, trabalhando para a concretização da PCH Furnas do Segredo, que já movimentou milhões em Jaguari e em poucos anos passará a ser propriedade do município. Herdei deles a humildade, o coração aberto, a capacidade e a vontade de fazer de Jaguari um lugar melhor.

Sendo um dos mais jovens presidente de Câmaras do Estado, como é lidar com vereadores mais experientes?
Com apenas 27 anos, estar há três anos à frente da Câmara é algo que me orgulha, me faz amadurecer. Sou grato aos colegas. A missão de ser presidente tem sido gratificante, mas confesso que conseguimos vencer as dificuldades graças à capacidade de, em momentos importantes, dialogar e pensar no bem maior.

A Câmara também teve momentos polêmicos, chegando até afastar alguns vereadores
Os nove vereadores foram eleitos pela comunidade. É natural que alguns tenham posicionamento mais forte e esses conflitos aconteçam. Mas quando certos limites são ultrapassados, há a Comissão de Ética que avalia os fatos. Eis que, divergir de ideias, projetos e propostas, é algo natural, mas atacar colegas de forma pessoal ou atingir a dignidade de qualquer pessoa, não é o papel ou a função do vereador. Acredito que esse ano, deva ser de discussões políticas acaloradas. Mas vamos trabalhar para que sejam discussões em razão de melhorias. A população pode avaliar todas essas situações e a atuação dos seus vereadores, eis que são divulgadas na íntegra as sessões legislativas pelo Canal do Youtube da Câmara Municipal de Jaguari.

Como está a situação do município, em função de que teve que investir bastante em pontes, também no hospital. Como vê as finanças?
A produção agropecuária é grande. A Administração é capacitada para superar dificuldades. O prefeito Beto, o Lucas, fazem uma das melhores administrações da história, apesar da escassez de recursos. O investimento mensalmente no hospital faz parte de um projeto político ainda do ex-prefeito João Mário. Os dois prefeitos fizeram e fazem um esforço grande para manter o hospital aberto, com qualidade e buscando novos serviços. O ano de 2020 será desafiador na proposta de melhorar nossa capacidade financeira.

A Prefeitura investiu mais de 500 mil em algumas obras, quantia significativa para o tamanho do Município. Fale de alguns investimentos:
Desde o complexo do bairro Promorar, tudo se deve à capacidade administrativa de um projeto. A nossa Câmara, uma das mais econômicas do país, através da consciência de vereadores e funcionários, conseguiu economizar 500 mil reais nesses últimos três anos. Neste ano de 2020, mais uma vez a Câmara será parceira do Executivo para concretizar o Centro Comunitário da Várzea e também do Bairro Consolata.

No ano em que Jaguari completa o centenário, o que você acredita que pode ser feito para deslanchar no turismo?
Jaguari é o paraíso na Terra. Uma cidade abençoada, linda, encantadora e que está se desenvolvendo. Sou um defensor de investimentos no turismo, que precisa ser feito pelo setor privado. O município precisa entregar aos empresários as condições apropriadas para os investimentos e isso está sendo trabalhado. Possuímos diversos eventos que já são consagrados em nível estadual, nosso Carnaval é referência. E agora, com os empreendimentos realizados por mim e minha empresa, Jaguari entrou no mapa dos shows nacionais. Estamos avançando, estamos discutindo parcerias público privadas que tragam investimentos.

Como foi essa ideia de trazer esses grandes shows. Nos fale sobre esse do Bruno e Marrone e o que mais vem esse ano:
Era um grande sonho, um grande projeto profissional e fui atrás de parceiros. Jaguari é bem localizada e possui um dos melhores locais para shows que é o pavilhão do Capejar. Enxergo ali um dos melhores locais do RS. Proporcionar tais eventos para Jaguari e a Região, como o show do Bruno e Marrone, é algo inexplicável, pois é uma das mais consagradas duplas sertanejas.

No seu entendimento que problemas Jaguari tem a resolver?
Nunca escondemos que temos alguns pontos a melhorar, mas estamos buscando soluções. A saúde avançou; temos postos equipados, profissionais qualificados, um bom hospital e em breve teremos um Centro de Cuidados Intensivos.

Temos um vice-prefeito muito jovem, uma característica bem diferente. Você acredita que possa ser resgatado o jovem e que você possa seguir essa carreira?
Acredito e luto pela presença dos jovens na vida política. São eles que podem e devem lutar por melhorias e que precisam ocupar esse espaço e lutar por aquilo que acreditam. Os jovens têm essa missão. Nosso MDB tem um lema: renovar sem excluir. Hoje temos o nosso vice-prefeito Lucas Cattelan, o qual possui liderança e um dinamismo inovador. Com relação a minha situação, penso que evolui muito politicamente e pessoalmente nestes anos como vereador. Acredito ter capacidade para novos desafios. Minha vontade pessoal é de não concorrer a vereador, mas sim, de ir em busca de novos sonhos, novas metas e objetivos, com foco em servir nossa comunidade. Sou transparente e não escondo o meu desejo de concorrer para o Executivo Municipal. Se o MDB e as lideranças políticas acharem que posso contribuir, estou e estarei sempre a disposição para a luta.

Estamos em ano eleitoral. Acredita no grupo de trabalho de vocês?
Sou grato de fazer parte deste grupo político, o qual apresentou um projeto de avanços para Jaguari, como: a instalação do Câmpus do Instituto Federal Farroupilha, a construção do Complexo Educacional São José, a manutenção do Hospital Municipal, as obras de pavimentação, melhoria das estradas, entre outros tantos investimentos. Esse grupo político apresentou um projeto de futuro. Mantendo o foco em políticas públicas coletivas que melhorem de fato a qualidade de vida de toda a comunidade.

Como vê os rumos da política estadual e nacional: Perspectivas para 2020, Igor dentro do nosso Estado e do nosso país?
O governador Eduardo Leite é capacitado, mas está refém das promessas. Acredito que ele deveria ter a humildade de assumir que errou e buscar o diálogo com nossos servidores. Com quase um ano do Governo Eduardo Leite, tenho mais certeza de que o Gringo estava certo. Tenho a clareza de que muitas das reformas apresentadas pelo governador Eduardo são necessárias e corretas, pois o dinheiro acabou e se torna necessário a busca por alternativas. Com relação ao Brasil é possível constatar o avanço em diversos pontos, mas é preciso que ocorra de forma urgente a reforma tributária, com a apresentação de um Pacto Federativo, que dê autonomia financeira aos municípios, pois é nos municípios que as coisas acontecem.