Justiça Federal injeta mais de 17 milhões na região em 2018

Publicado por em .

Justiça Federal injeta mais de 17 milhões na região em 2018

A juíza federal Cristiane Ceron e o jornalista João Lemes vendo os processos eletrônicos.

Santiago – A juíza federal Cristiane Ceron fez um relato dos trabalhos da Justiça Federal em Santiago. Na entrevista, menciona a celeridade dos processos e a praticidade que alia tecnologia e uma grande equipe. Dentre as vantagens de se ter uma Justiça Federal em Santiago, estão o andamento rápido de processos na esfera federal e o montante em dinheiro que fica para a região em função dos processos julgados. Neste ano foram mais de 17 milhões (requisitados em 770 processos) que reforçam a economia. Cristiane ainda foi questionada sobre os processos de maior repercussão, caso de alguns em Capão do Cipó e que despertaram interesse em toda a região.

Segurança que funciona
A juíza Cristiane atua há 17 anos na Justiça Federal. Destes, 12 anos na Vara Federal de Santiago, cidade que adotou. “Santiago é uma cidade limpa, organizada, produtiva, onde a segurança pública é unida e funciona”, disse.

Brilhante equipe
A Vara Federal tem 18 servidores e está ligada a unidades em várias cidades, com as quais se produz audiências por vídeo conferência. “É uma praticidade que gera eficácia e economia, ainda mais quando temos essa brilhante equipe de servidores”, disse a juíza.

Justiça Federal injeta mais de 17 milhões na região em 2018

A juíza mostra um dos raros processos de papel que ainda resta.

O fim do papel
Hoje quase tudo é eletrônico. Há anos não entra nada de processos em papel. “Isso facilita para as partes e para o país, graças ao baixo custo e celeridade nos processos”, destacou, observando que ao todo são 2028 processos em tramitação, a maioria envolvendo a Previdência Social. Outros 1.134 estão em instâncias superiores e 2.267 estão suspensos por força de precedentes dos tribunais.

Os números:
2028 processos em andamento; 1.134 em instâncias superiores; 2.267 suspensos. Total em andamento: 6.226 processos. Natureza: 1.331 processos envolvem a Previdência; 217 são de natureza cível e 114 são criminais, entre outros.

Capão do Cipó: Juíza aborda os processos de grande repercussão
“Até o presente temos um inquérito a cargo da Polícia Federal e Ministério Público Federal que investiga suposto desvio de verbas públicas. Esse inquérito está em sigilo de justiça, portanto, não posso dar detalhes. Por outro lado, há uma ação criminal em que o Ministério Público entendeu que houve um suposto atentado a uma das principais testemunhas dessa investigação mencionada. Já tivemos várias audiências e até réus presos, que hoje aguardam em liberdade. Esse processo já está pronto para julgamento. Acredito que no início de 2019 haverá uma sentença”, informou.