Polícia prendeu santiaguense que matou a irmã em Bento Gonçalves

A Justiça decretou a preventiva de Ana Paula Bitencourt, 32 anos. Ela é assassina confessa da própria irmã, a santiaguense Aparecida de Fátima Marim Bitencourt, 44, no começo do mês de agosto. A polícia fez o pedido de prisão preventiva e pediu que a suspeita fosse encaminhada ao Instituto Psiquiatra Forense, em Porto Alegre, para passar por exames e avaliações de sanidade mental. A morte de Aparecida veio à tona no dia 8 de agosto, quando uma outra irmã da vítima recebeu um telefonema. Ao chegar na casa de Aparecida, a irmã a encontrou morta com sinais de facadas.