Presos os assassinos do jovem Pablo Garcia

Publicado por em .

Presos os assassinos do jovem Pablo Garcia

Douglas da Silva e Felipe Brasil.

Santiago – A Polícia Civil chegou à autoria de um crime bárbaro e que chocou a todos pela forma de como foi cometido. A investigação apontou Douglas da Silva Rodrigues (20 anos) e Felipe Brasil Gonçalves (18 anos) como autores da morte do adolescente Pablo Vinícius Moreira Garcia (16 anos). Eles foram presos preventivamente na manhã de quinta, 11, no Guabiroba, mesmo bairro onde morava a vítima. A operação foi denominada “X-9”. Conforme a delegada Débora Poltossi, as investigações prosseguem e há possibilidade de mais prisões. O crime está ligado ao envolvimento com o tráfico de drogas. Os autores responderão por homicídio qualificado, ocultação de cadáver, tráfico e associação ao tráfico de drogas.

Presos os assassinos do jovem Pablo Garcia

Pablo Vinícius Moreira Garcia.

O Crime
Pablo desapareceu de casa no dia 3 de março e seu corpo foi encontrado 11 dias depois. Estava carbonizado, à beira de um matinho na propriedade da Olaria Vielmo (bairro Guabiroba). De acordo com a delegada Débora, a causa da morte ainda não foi apontada pela perícia. No entanto, as investigações mostram que o menor teria sido esfaqueado e depois queimado.

Tráfico e execuções
O delegado Guilherme Antunes explica que esse tipo de crime é comum em grandes cidades e que desde o ano passado aconteceu mais de uma vez em Santiago. “A maneira de cometer a execução, com extrema brutalidade, é para que sirva de exemplo para os demais envolvidos com o tráfico”, diz ele.