Professor e compositor Sicha vira nome de biblioteca

(Por Felipe Domingos)

João Ari de Lima Ferreira. Foto: arquivo

Jaguari – A Escola Guilhermina homenageou o professor e compositor João Ari de Lima Ferreira  (Sicha) dando seu nome a biblioteca. A inauguração aconteceu na noite de quinta, 31 de agosto, e reuniu familiares, colegas e dezenas de amigos do poeta jaguariense falecido em março deste ano vítima de cirrose. Dentre os artistas e parceiros de música estavam Nilton Ferreira, Nenito Sarturi, Miguel Marques, Arison e Emerson Martins, Trio
Peregrinos, entre outros.

Eternizado – O Prefeito Beto Turchiello (PMDB) disse que o homenageado tinha um respeito e um carinho muito grande pela escola Guilhermina e pelo município. “É um reconhecimento pela suas obras que todos aplaudiam nos festivais. Quem é homenageado é porque deixou um legado. Colocar o nome do Sicha na biblioteca é contribuir para que o nome do João Ari de Lima Ferreira fique pra sempre em nossas memórias”.

A diretora da escola, professora Nadia Sonza,falou que o ato de inauguração da biblioteca é um reconhecimento ao professor, poeta e amigo João Ari Ferreira. Depois fez um pequeno relato da trajetória da vida do homenageado. “Sicha sempre foi muito participativo e foi um dos criadores da gincana farroupilha da escola e de tantos outros projetos voltados para a educação”.

A professora Sônia Cassanta falou em nome de todos os colegas de Sicha. Disse que foram muitas as lições que o amigo e poeta deixou. “Na sua essência, Sicha era um poeta e poeta não morre. Ele vai estar sempre em nossas memórias”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O irmão Francisco Ferreira disse que algumas coisas eram inseparáveis. “O Magistério, as composições e a cidade de Jaguari. Eu posso dizer pra vocês que o meu irmão não se sentia bem longe daqui. O lugar dele era em Jaguari. Vocês todos conquistaram isso. E essa foi a grande homenagem ao nosso irmão”.

Já os amigos músicos homenagearam o professor e poeta cantando. Participaram das homenagens o Trio Peregrinos, Nenito Sarturi, Arison e Emerson Martins, Piero Ereno, Nilton Ferreira e o amigo Miguel Marques que cantou um dos maiores sucessos do homenageado, Lição das Andorinhas, obra feita em parceria com o santiaguense Nenito Sarturi. Veja no vídeo abaixo.

Os irmãos de Sicha, Ana Rita e Francisco Ferreira, doaram para a biblioteca todos os troféus da carreira de Sicha, que agora ficarão expostos para a visitação dos alunos e do público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *