Santiago é pioneira em aprovar a lei de Liberdade Econômica

Publicado por em .

O 3º município no país a aprovar a Lei de Liberdade Econômica é Santiago, comprovando a cidade como destaque em empreendedorismo, desburocratização e gestão inovadora. O prefeito Tiago Gorski e o secretário Sadi Gioda (Desenvolvimento Econômico) atenderam a proposição do deputado federal Jerônimo Goergen, relator da MP da Liberdade Econômica e implantaram a Lei municipal de Liberdade Econômica e o programa Avança Santiago. Desta forma, Santiago soma-se às cidades de Esteio e Bento Gonçalves, tornando-se pioneira em empreendedorismo no Brasil.

Menor burocracia
A intenção é desburocratizar questões relacionadas ao empreendedorismo, diminuindo a “papelada” e facilitando o surgimento de novos empreendedores e empregos.

Algumas inovações
Já de imediato, quase 250 atividades econômicas serão classificadas de baixo risco. Como a maioria dos pequenos comércios, não exigirão mais alvarás de funcionamento. Com isso, o empreendedor tem até seis meses após abertura de seu CNPJ para regularizar seu alvará e, ainda, pelo Programa Avança Santiago, poderá obter 50% de desconto, entre outras inovações.