“Sem crédito suplementar, os idosos não vão receber”, diz Bolsonaro

Publicado por em .

O presidente Bolsonaro fez um alerta a respeito do projeto de lei (PLN) 4, que autoriza o crédito suplementar de 248,9 bilhões. Se o PL não for aprovado, o governo terá de suspender o pagamento de benefícios a idosos e pessoas com deficiência já no próximo dia 25. “Nos meses seguintes faltarão recursos para aposentadorias, Bolsa-Família, Pronaf, Plano Safra”, diz Bolsonaro, acreditando na “costumeira responsabilidade e patriotismo dos deputados e senadores na aprovação urgente da matéria”.