Transmissão de coronavírus está fora de controle, diz das principais instituições de pesquisa

Publicado por em .

Cada cem contaminados transmitem o coronavírus para outras 106, que transmitem para 112 e assim por diante, fazendo com que a doença se espalhe com maior velocidade.

Segundo cálculos do Imperial College (Londres) uma das principais instituições de pesquisa de epidemias. Pela nona semana seguida, o país apresenta taxa acima de 1, o que indica que a transmissão está fora de controle.

Contágio de cada 100 atinge mais 106
O contágio no Brasil parou de cair depois de três semanas seguidas de desaceleração. O número, também chamado de Rt, indica para quantas pessoas na média cada infectado transmite o vírus. A taxa calculada nesta semana é de 1,06, acima do 1,05 da semana anterior. Indica que cada cem contaminados transmitem o vírus para outras 106, que por sua vez transmitem para 112,36 e assim por diante, fazendo a doença se espalhar com maior velocidade.

A Organização Mundial de Saúde diz que em países grandes e desiguais como o Brasil, a dinâmica da epidemia varia muito de região para região e é preciso aumentar a vigilância.

Brasil e Colômbia foram os únicos países sul-americanos que não registraram queda na transmissão, entre os seis acompanhados por terem transmissão ativa.

Com base no número de mortes registradas no Brasil, os cientistas também calculam que o número de casos de coronavírus no país é de um triplo do declarado: o total acumulado de brasileiros contaminados seria de mais de 3 milhões. (Zero Hora)