Um poço que não serve para nada

Publicado por em .

Um poço que não serve para nada

Terreno no bairro Mandarino.

São Chico – Nesta semana a RBS TV noticiou que a Prefeitura fez uma permuta de um terreno no bairro Mandarino por outro que contêm poço artesiano, porém, sem condições de uso pelos moradores da Picada do Padre. O terreno onde está o poço pertencia ao genro do subsecretário da Prefeitura, Ancelmo Olin. Mesmo com uma recomendação da Procuradoria, o projeto passou pela Câmara com 9 votos favoráveis. O prefeito Paulinho Salbego (PDT), disse que se não puder usar a água do referido artesiano, vai contratar uma empresa para uma nova perfuração.

Um poço que não serve para nada

Vereadora Jussara Molina.

Vereadora foi contrária
Mesmo sendo situação, a vereadora Jussara Molina (PDT) disse que votou contra porque o laudo da Corsan, em Setembro de 2017, mostrou que a água não se encontra nos parâmetros para o consumo. “Nunca fui contrária à compra ou construção de poços no interior e por várias vezes pedi que o proprietário desse poço fosse indenizado, desde que a água fosse própria para o consumo”, explica Jussara.

Contraponto
Paulinho diz que fez tudo com transparência, tudo dentro da lei “Tentaram envolver até um CCs nosso, um homem trabalhador que nada tem a ver com a questão da água. O poço não está com água potável porque tem que ser tratada. Tem que esgotar e nos próximos dias vamos fazer isso, caso contrário, vamos perfurar outro. Respeito quem votou contra, agora o que estamos tentando fazer é levar água potável a uma comunidade. Se fosse preciso, faria tudo de novo”, disse ele.