Uma mulher no comando dos advogados

Publicado por em .

Uma mulher no comando dos advogados

A juíza Ana Paula Tolfo, Beatriz Peruffo, conselheira da OAB; Roselaine Esmério, advogada e representante da CDAP; juiza Cristiane Ceron; Marione Alcântara, presidente da OAB Santiago/Jaguari; Sandra Siqueira, jornalista e presidente da Associação da Mulher Empreendedora; Andriéle Kuhn Machado, advogada e a juíza Ana Paula Nichel.

Santiago – “Lugar de mulher é onde ela quiser”. Essa frase, que se tornou símbolo das campanhas de empoderamento feminino, prova mais uma vez que elas estão cada dia mais atuantes. Em Santiago, a advogada Marione de Afonso Alcântara chegou à presidência da OAB – (Santiago/Jaguari) sendo a primeira mulher a ocupar o posto. A posse ocorreu em solenidade no Círculo Militar. Em entrevista ao Expresso, ela fala sobre os desafios da profissão.

Desde quando é advogada e por que escolheu essa profissão? Mais alguém na sua família é advogado? Sou da 3ª turma da URI (2005) e fui aprovada no Exame da Ordem no mesmo ano. Escolhi essa profissão incentivada por meus pais do coração, Max e Badê. Ele é o advogado mais antigo da cidade e, ela, a primeira advogada mulher de Santiago. Tenho também duas sobrinhas advogadas e uma que se formará em Direito agora em agosto.

A senhora é a primeira mulher a assumir a OAB Santiago/Jaguari. O que isso representa para as advogadas e para as mulheres de um modo geral? A subseção existe há 46 anos e sou a primeira mulher presidente. Para a subseção, que conta com 48,81% de inscritas mulheres, representa grande avanço. Nós, mulheres, somos praticamente a metade dos inscritos, temos os mesmos direitos e a mesma voz. Assumir o cargo não nos faz melhor e nem mais; nos deixa iguais. Não lutamos para ser melhor que os homens, queremos mostrar, sim, que temos a mesma capacidade que eles. As mulheres, de um modo geral, estão cada vez mais assumindo cargos de comando que antigamente eram predominantemente masculinos. Estão tendo espaço para mostrar que são tão capazes quanto os homens.

Uma mulher no comando dos advogados

Marione de Afonso.

Como será seu trabalho frente à OAB? Será em conjunto. Somos formados por uma diretoria, um conselho e comissões. Estamos empenhados em fazer um trabalho sério, ético e compromissado, buscando o respeito e a valorização da advocacia. Além de trabalharmos pela classe, também promovemos um trabalho de cidadania junto à comunidade. A Comissão da Mulher Advogada promove palestras nos bairros, escolas e comunidades do interior sobre violência doméstica.
Estamos implementando o projeto OAB Vai à Escola para atingir o público adolescente, levando conhecimento sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente. Queremos promover palestras e transmissão de vídeo-aulas com atualizações para os advogados. Temos vários projetos voltados aos advogados e a comunidade para desenvolver nesses três anos de gestão.

Como vê a profissão de advogado e o mercado de trabalho? A profissão é uma das mais importantes, tanto que estamos inseridos na Constituição: “O advogado é indispensável à administração da Justiça …”. Não se postula em juízo se não através de um advogado. Não se busca um direito sem a necessidade de um advogado. Trabalhamos com o que é mais sagrado para as pessoas: sua vida, patrimônio, liberdade. Por isso temos que ter consciência da nossa importância e responsabilidade com as pessoas que nos contratam, devendo exercer a nossa profissão com zelo e com ética. O mercado de trabalho para o advogado sempre vai ser amplo, as demandas nunca vão acabar. A sociedade está sempre em transformação, os conflitos e a busca pela efetividade jurisdicional sempre haverá.

O curso de Direito continua sendo um dos mais concorridos nas universidades. A que se deve tanta procura? É sempre um dos mais procurados pela gama e opções que oferece às pessoas depois de formadas. Elas podem exercer a advocacia privada ou prestar concurso público para diversas áreas atreladas ao Direito.

Uma mulher no comando dos advogados

Diretoria: Presidente: Marione de Afonso Alcântara; vice – Marcelo Pena Noronha; secretária geral – Adriane Damian Pereira; secretário geral adjunto – José Juarez Monteiro dos Santos; diretor tesoureiro – José Marcelo Lemos Palmeiro. Também foram empossados os integrantes do conselho subseccional, da comissão da mulher advogada, do direito previdenciário, do jovem advogado, representante da CDAP e delegados.