Universidades gaúchas fazem debandada do Fies

Publicado por em .

As principais universidades gaúchas particulares não vão aderir ao Novo Fies, dentre elas a PUCRS, Unisinos, UPF, Unisc, Unifra e UCS. A reclamação é a falta de clareza nas novas regras e os riscos de inadimplência.

Perigo das dívidas
“As instituições terão que ser solidárias à dívida do aluno. Então, cada uma terá de fazer suas contas para ver se pode aumentar sua participação no financiamento”, diz Amábile Pacios, vice-presidente da Fenep (Federação Nacional das Escolas Particulares).

Novas regras
Entre as regras novas, está a carência de 18 meses, após a conclusão do curso, para o início do pagamento. O aluno deverá começar a pagar no mês seguinte ao fim da graduação, com a condição de que esteja empregado. O prazo máximo para pagamento será de 14 anos.

Governo se defende
O Ministério da Educação (MEC) afirmou que a reformulação é fruto de um diálogo entre os envolvidos e que a adesão no país foi satisfatória (semelhante ao ano passado) e que não comenta a decisão das universidades gaúchas sem detalhes sobre os motivos de cada uma.