Você saberia identificar um transtorno alimentar?

Publicado por em .

Marlisse Menine e Luíza Minozzo.

Os transtornos alimentares são caracterizados por perturbações no comportamento alimentar, como a compulsão alimentar, bulimia, anorexia, entre outros, gerando uma série de consequências na sua saúde, podendo levar ao emagrecimento extremo, à obesidade e a outros problemas físicos. Alguns dos fatores que podem causar o transtorno alimentar são: obsessão por um “corpo perfeito”, maus hábitos alimentares, distorção da imagem corporal, autoestima baixa, sentimento de culpa, questões hormonais, distúrbios emocionais.

Se você se identificou com algum desses fatores, tenha calma, pois existe tratamento, pois é necessário um acompanhamento multidisciplinar composto por médicos, psicólogo e nutricionista, onde irão traçar estratégias para você recuperar e se reeducar.

No caso, o psicólogo vai trabalhar com a psicoterapia, que é um recurso bastante difundido no contexto do tratamento por proporcionar apoio psicológico centrado nas questões desencadeadas pelos transtornos alimentares, fornecendo um espaço seguro para a expressão emocional e compreensão dos mecanismos psicológicos que auxiliam na mudança do comportamento alimentar da pessoa, na autoestima, entre outros fatores. Já o nutricionista visa à promoção de hábitos saudáveis, melhorando a relação do sujeito com o alimento e corpo, proporcionando melhor qualidade de vida.

Marlisse Menine (nutricionista), CRN: 13565D, Fone: (55) 99945-2700.

Luíza Minozzo (psicóloga), CRP: 07/25.175, Fone: (55) 99918-9115.
São Francisco de Assis/RS.