Deputados rejeitam o fim da licença-capacitação de servidores do RS

Publicado por em .

A proposta de emenda à Constituição que extingue a licença-capacitação foi rejeitada por 31 votos contrários e 16 votos favoráveis na terça (8) na Assembleia Legislativa. A PEC foi assinada por Fabio Ostermann (Novo) e outros 18 deputados. Com a licença, a cada cinco anos servidores públicos de todos poderes podem se ausentar do trabalho por três meses (recebendo o salário integral) para cursos de aperfeiçoamento. Parte dos deputados do PP, MDB, DEM, PSL e do próprio PSDB rejeitaram a extinção.