A disputa pelo trono – 31/12/09

O ano de 2009 nem terminou, mas já serve de prévia às discussões políticas que vão se acirrar a partir de janeiro. Em outubro, os brasileiros vão escolher o novo presidente, governadores, senadores e deputados. Em Santiago, com a indicação do deputado Marco Peixoto (foto abaixo) para o Tribunal de Contas, os bastidores políticos estão agitados. Muitos candidatos estão se articulando para concorrer ao cargo de deputado estadual e herdar “o trono” que por 20 anos foi de Peixoto. Até o momento, três nomes sonham com esse reino de votos.Quem se habilita?José Francisco Gorski – Chicão – É tido como o nome mais certo na disputa pela vaga de Peixoto. Iniciou sua trajetória política em 1997, quando se tornou vice-prefeito. Em 2000, assumiu a prefeitura e foi reeleito em 2004. Hoje é assessor parlamentar do deputado federal Luis Carlos Heinze. Quanto pesa em votos? 19.644. Essa foi sua última votação.Sandro Palma – Ele iniciou sua carreira política como vereador pelo PMDB, em 2000, quando teve 500 votos. Quatro anos depois, tornou-se o vereador mais popular, reeleito com 2.156 votos. Presidiu a Câmara e depois mudou-se para o PTB, concorrendo a prefeito. Quanto pesa em votos? 5.040. Foi o que ele conquistou em 2008, quando concorreu a prefeito.Diniz Cogo – Conseguiu se eleger a vereador em 1997, pelo PMDB. Foi reeleito duas vezes. Em 2007 conquistou a presidência da Câmara. Em 2008, tornou-se presidente do Corede Vale do Jaguari, que exerce o papel de auxiliar o Estado na indicação de obras e dinheiro para a região. Em 2009 chegou à presidência do PMDB. No meio político, o nome de Diniz é comentado para concorrer a deputado. Quando pesa em votos? 928, conquistados em sua última eleição pra vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *