BR 287: um ano de tragédias – 02/12/11

A Polícia Rodoviária Federal divulgou relatório sobre os acidentes fatais na rodovia desde o início do ano, no trecho entre São Vicente e São Borja. Foram mais de 150 acidentes e 12 mortes, número superior aos 125 de todo o ano de 2010, que teve 11 óbitos. Em 2009, foram apenas três mortes. Conforme Paulo Muller, comandante do posto rodoviário em Santiago, a maioria dos acidentes ocorre em retas e trechos bem sinalizados, pois os motoristas abusam da velocidade e das boas condições da pista. 8 mortes em São VicenteAlém desses, dois graves acidentes em São Vicente tiraram mais de meia-dúzia de vidas. No dia 6 de agosto, quatro unistaldenses morreram ao baterem o carro num caminhão. Jocemar Oliveira-37 anos, Jarbas Bilhalva – 37, Teresinha de Souza- 49, e Vanessa Dornelles – 19, moravam na Serra Gaúcha e vinham visitar parentes. No dia 5 de outubro, as vítimas foram Arnildo Coelho Rodrigues, Roberto Teixeira, Helena Martins e Maquetiele de Bastos. Alguns deles moravam em Loreto, interior de São Vicente. O carro que eles estavam bateu num caminhão. Principais causasA falta de atenção dos motoristas foi a responsável por 85 acidentes esse ano, seguido por velocidade acima do permitido, 46 casos. Os animais na pista causaram 28 acidentes. 25 dos motoristas estavam bêbados. Em 25 casos houve problemas mecânicos e em 21, desobediência à sinalização. Dormir ao volante causou 21 acidentes e, ultrapassagem proibida e defeito na pista, 8, cada. A polícia já multou 750 motoristas por excesso de velocidade, 251 por falta do cinto, 178 por ultrapassagem proibida e 55 por dirigirem bêbados.As vítimas:18 de janeiro – Luis Antônio Antunes, 9 anos, atropelamento em Santiago25 de janeiro – Álisson Garcia das Chagas, 16 anos, choque entre carro e bicicleta em Santiago4 de março – Alfeu Souza, 52 anos, caminhão caiu da Ponte do Tigre, em Jaguari.25 de março – Valter Saikoski, 65 anos, choque do caminhão contra uma árvore, em Jaguari.09 de abril – Cléo Bonoto, 29 anos, saída de pista em Santiago. 22 de junho – Everaldo da Costa Ferreira, 32 anos, atropelamento em Jaguari.17 de agosto – Júlio Ari Dornelles, 45 anos, choque moto e caminhão em Santiago.06 de outubro – Claudiomir Lopes Moreira, 39 anos, atropelamento em Santiago. 30 de outubro – Cilomar Machado, 30 anos, saiu da pista e bateu numa árvore, entre São Vicente e Jaguari.11 de novembro – Luis Inácio Finamor Garcez, 31 anos, e Carine Durgante, 23, batida do Kadet que estavam num caminhão, entre São Vicente e Jaguari.13 de novembro – José Francisco Gorski, 54 anos, choque do carro contra uma árvore, em Santiago.Obs. O acidente com o administrador Luis Fabres foi em São Borja e atendido pela polícia daquela cidade. Portanto, não faz parte das estatísticas do trecho atendido pela polícia rodoviária de Santiago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *