Brigadiano até debaixo dágua – 05/08/11

Este é o sargento Silveira, um dos sete brigadianos que atua em frente às escolas. Mesmo abaixo de chuva, ele tem que ir para a rua e botar ordem no complicado trânsito de Santiago. O sargento trabalha na escola Apolinário há mais de um ano, ajudando na segurança e também controlando a saída dos alunos. Agora, trabalho duro é quando chove, pois é preciso redobrar a atenção. Afinal, até julho de 2011 foram registrados 15 atropelamentos na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *