Caixa financiou 150 casas 10/10/08

Até a 2ª quinzena de setembro, a Caixa Econômica Federal investiu mais de R$ 15 bilhões em financiamentos para construção, reformas, ampliações e aquisições de imóveis em todo o Brasil, um aumento de 50% referente a 2007. Em Santiago, já foram financiadas, diretamente com o mutuário, mais de 150 unidades, somando mais de 4,5 milhões de reais.Vêm mais – Conforme o gerente Jair Guerra, a previsão é de que sejam aplicados mais dois milhões de reais até o final do ano. Nestes números não estão computados os financiamentos às prefeituras. Conforme Jair, o que mais facilita a busca por este tipo de financiamento é a taxa de juro baixa e a facilidade no processo habitacional, que pode ser concluído em no máximo 15 dias, bem como as prestações decrescentes. Outra inovação é o crédito imobiliário comercial. Até o final do ano, haverá um milhão de reais para esta modalidade.Sobram vagas, falta qualificaçãoConforme o Sine, o que mais falta em Santiago não é só emprego, mas a qualificação profissional. Só no primeiro semestre de 2008, mais de 1.100 vagas foram oferecidas e a maioria não chegou a ser preenchida, já que os interessados não preenchiam os requisitos. O Sine informa ainda que cerca de 800 pessoas mensalmente buscam trabalho, mas menos de 200 conseguem. Santiago exporta mão-de-obraRelatório divulgado pelo Sine de Santiago apontou que nos últimos meses mais de 150 santiaguenses foram encaminhados para emprego em outras cidades. Em setembro, 35 seguiram a Caxias do Sul, para atuar na construção civil. Em Santa Catarina, 49 pessoas foram trabalhar na duplicação da BR 101. Outras 58 estão na região de Florianópolis em plantações de maçã. Há pouco, 32 mulheres mudaram pra Tapejara, para trabalhar num frigorífico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *