Condenada a pagar “fortuna” à AES Sul – 29/05/09

Maria Helena Dávila entrou na Justiça contra a AES Sul depois que sua conta de luz subiu para R$ 110. Porém, ela foi condenada a pagar R$ 1.700 para a multinacional. Ela frisa que o valor é absurdo, pois sua casa é pequena e não têm eletrodomésticos. A briga com a AES Sul começou faz dois anos. O advogado pediu para que ela não pagasse as contas enquanto o processo não fosse julgado. Foi então que a cliente acabou sendo condenada a pagar 24 parcelas de R$ 74. “Quando pedi a revisão do medidor, foi colocado um aferidor e o antigo foi substituído. A conta baixou para R$ 50, provando que algo estava errado. Agora tenho que pagar por um erro da empresa, senão a energia será cortada”, conta. Renda – “Trabalho meio expediente e recebo cerca de R$ 230. Faço serviços domésticos para complementar a renda. Tenho três filhos, sou separada do marido e pago aluguel. Não conseguirei sustentar eles e ainda pagar a dívida. Peço para a Justiça dividir em mais parcelas”, humilha-se Helena. Se alguém quiser ajudar, doando alimentos ou tiver serviço extra pode procurar na rua 13 de Maio, 2838, bairro Riachuelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *