Figurões contribuem com a fauna jaguariense – 14/10/11

Em Jaguari é normal ouvir pessoas comentando sobre caçadas e pescarias. Apesar de todo mundo saber da ilegalidade desses atos destrutivos, as práticas continuam. Prova disso é que nesta semana foram presas três figuras notáveis na cidade com armas e materiais de caça, como três espingardas, 117 cartuchos e algumas aves devidamente prontas para a panela. Todos acabaram presos em flagrante e levados à delegacia onde foram autuados por crime ambiental. Entre eles estavam: Paulo Prina, bancário do Sicredi, Ronaldo Bertolo, secretário de Cultura e Desporto e Turismo, e o cidadão Beto Frigo, que pagaram fiança e irão responder o processo em liberdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *