Greve? Não em Santiago! – 25/11/11

Ninguém seguiu a determinação do Cpers e as aulas seguem em todas as escolas. Faltando menos de um mês para as férias de verão, os professores estaduais resolveram entrar em greve. Mas em Santiago ninguém seguiu a determinação do Cpers e as aulas seguem em todas as escolas. A previsão de encerramento do ano letivo é para 23 de dezembro. O que pede o Cpers – Piso Salarial – Pagamento do piso nacional, de R$ 1.187 para 40h. O Cpers argumenta que, mesmo tendo assinado a lei com outros ministros na época, o governador Tarso Genro não a colocou em prática. Sistema de avaliação – Não concorda com o sistema para avaliar a eficiência do ensino com indicadores que incluem condições de trabalho, frequência e abandono dos alunos, por considerar que responsabiliza os professores por dificuldades estruturais. Reformas- Não concorda com as mudanças para aproximar o Ensino Médio do mercado de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *