Lixo importado – 24/04/09

A Usina de Lixo de Santiago continua gerando discussões. A última é pela ‘compra’ do lixo de Nova Esperança, Unistalda, Itacurubi e Capão do Cipó. O assunto foi debatido na Câmara, quando os vereadores votaram o projeto que renova o contrato com essas prefeituras. Elas pagam para que a usina de Santiago dê a destinação final aos resíduos. Santiago: 35 toneladas diáriasO lixo das demais cidades representa a produção de dois dias em Santiago que é de 35 toneladas diárias, mais de um milhão de quilos de lixo a cada 30 dias. Destes, cerca de 30% têm condições de ser reciclada, porém, conforme os vereadores, tal serviço não está atingindo os objetivos. Em breve, será instalada uma peneira, que poderá separar 50% do lixo orgânico do seco, o que aumentará a quantidade de material para reciclagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *