O desabafo de um pai – 09/09/11

-Laudos confirmam que jovem morreu de aneurismaSão Francisco – Valdinei Padilha Rodrigues, pai do menino que há pouco morreu de aneurisma cerebral, procurou o Expresso e fez este desabafo: Por este conceituado jornal quero fazer um desabafo sobre coisas que eu e minha família tivemos que engolir a aceitar. Falo dos fatos que envolveram a morte de meu filho Lucas da Rosa Rodrigues há alguns meses. O que disseram foram coisas de pessoas sem cultura ou que simplesmente procuram notícias por não terem o que falar, sem respeitar a dor de um pai e de sua família. Sendo que esses fatos dizem respeito unicamente a nós. Até entendo que pessoas sem estudo saiam falando besteiras, mas os com estudo e cultura, e em muitas vezes ocupando cargos de relevância, deveriam esperar os resultados dos exames, sendo que na certidão de óbito constou como causa da morte aneurisma cerebral. Laudos confirmam morte por aneurisma – Agora, depois de uma longa espera, foi recebido pela Delegacia o auto de necropsia e os laudos periciais que a cidade tanto esperava, nos quais não constou dosagem de álcool e de psicotrópicos ou qualquer outra droga. Comprovando, pelos exames de sangue e urina, que Lucas não havia ingerido nenhuma substância tóxica, álcool, cocaína ou outra droga, confirmando o atestado de óbito – que ele foi vítima de aneurisma cerebral.A dor da família – E mesmo que sua morte fosse por um desses motivos, ele nunca ia deixar de ser meu filho e um familiar querido de todos os seus parentes, pois não perdi só um filho, perdi um parceiro e amigo e não sei quando vou aceitar essa perda. Agora só peço que as pessoas, quando não tiverem o que falar, e forem dizer que meu filho morreu de overdose, procurem num livro ou internet, o que significa. Só vou pedir para que respeitem a morte dele e o deixem descansar em paz. (Valdinei Padilha Rodrigues)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *