Santiago revive Caio Abreu 19/09/08

O escritor santiaguense Caio Fernando Abreu morreu em 1996 e teria feito 60 anos em 12 de setembro, data escolhida pelo curso de Letras da URI para iniciar a exposição sobre sua obra. Os visitantes podem conhecer alguns livros do autor, ver fotos em família e seus objetos pessoais: uma boina, certidão de nascimento assinada pelo também escritor Antônio Manoel Gomes Palmeiro – Barbela, membro do cartório. Caio é considerado um dos mais importantes escritores brasileiros revelados logo após a ditadura militar. Sua obra ficou marcada pelo estilo moderno, profundo e contundente ao descrever as emoções humanas, sendo que seus livros ganharam reproduções em vários países e viraram adaptações para o teatro, televisão e cinema. Recentemente, o livro “Onde Andará Dulce Veiga” foi adaptado para o cinema e esteve concorrendo a uma vaga entre os indicados ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *