Saúde não sofre cortes – 09/10/09

O prefeito Júlio Ruivo baixou um decreto para reduzir os gastos, pois as verbas repassadas pelo governo do Estado seriam insuficientes para manter alguns projetos. Mas de acordo com Mara Machado, secretária de Saúde, uma das prioridades é manter o atendimento no CEO (Centro de Especialidades Odontológicas), pois o Ministério da Saúde determina uma meta por mês. Da mesma forma, o objetivo é não prejudicar nenhum setor da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *