Programa Magrass de Emagrecimento Saudável: Por que ele funciona tão bem?

Publicado por em .

Porque o programa classifica os alimentos usuais conforme seu estímulo insulínico – capacidade que um alimento tem de provocar a liberação pelo corpo da insulina, hormônio que converte tudo o que comemos em gordura. O programa possui alimentos substitutos de baixo estímulo insulínico, com alto valor nutritivo por aqueles que tanto gostamos, mas que fazem produzir tanta insulina e engordar, como pães, massas, doces, chocolates, sorvetes e outras guloseimas.
As receitas e o Programa Magrass são classificadas em verde, amarelo e vermelho. Os alimentos da tabela verde podem ser utilizados à vontade, desde o princípio da reeducação alimentar. Os da tabela amarela, com moderação, e os da vermelha devem ser substituídos até que a composição corporal da pessoa em tratamento – peso e percentual de gordura- estejam dentro de parâmetro de saúde.
Ao aprender mais sobre alimentação saudável, criar novas formas de preparar alimentos tradicionais e, especialmente, após normalizar os hormônios e metabolismo as pessoas podem voltar a consumir os alimentos da tabela vermelha, especialmente os naturais, e não engordar mais. Isso ocorre porque a produção de insulina e outros hormônios retornam ao padrão natural ao melhorar a alimentação e normalizar a composição corporal.

Depoimento:
“Confesso que não foi tão fácil abrir mão de alguns ingredientes, que antes faziam parte da minha rotina diariamente, mas aos poucos fui me acostumando, meu humor foi melhorando, as dores de cabeça constantes passaram e a vontade de se atracar no primeiro pãozinho que aparecesse na minha frente começou a ficar controlável. Notei muita diferença na minha disposição, autoestima e autocontrole alimentar. Já nas primeiras semanas as roupas já largas, no meu dia-a-dia na escolha do alimento saudável e o controle da ansiedade. A importância do acompanhamento semanal da equipe e a cada semana vendo o resultado na na balança e nas medidas, nos motiva a seguir em frente”. Fabiane Anzollin.

Quer saber mais?
Visite a Magrass na Rua Pinheiro Machado, 1914, fone (55) 3251-6486 ou (55)99126-0355.