Mais saúde à mulher

Mais saúde à mulher

(Sandra Siqueira)
O Ministério da Saúde está destinando mais de 13 milhões para que os municípios invistam na agenda Mais Acesso, Cuidado, Informação e Respeito à Saúde das Mulheres. O dinheiro será repassado aos gestores locais que fizerem adesão ao programa. Serão selecionadas propostas que visam ampliar e fortalecer a atenção à saúde sexual e saúde reprodutiva das mulheres, em todo o ciclo de vida, organizar os processos de trabalho na atenção básica. Os municípios têm até o dia 31 de outubro para manifestarem interesse e obedecer os requisitos.

Combate às fake news
O Ministério da Saúde vai ampliar suas ações para combater as fake news sobre saúde (notícias falsas). Para isso, acaba de criar um canal de comunicação com a população. Qualquer cidadão poderá adicionar o WhatsApp do Ministério da Saúde (61) 99289-4640 que servirá para verificar se um texto ou imagem que circula nas redes sociais é verdadeiro ou falso. Muito conteúdo já tem sido desmentido. Uma das notícias falsas mais preocupantes é as que tratam sobre imunizações, fazendo muitas pessoas correrem riscos ao deixarem de se vacinar.