Por conta de ou por causa de?

Publicado por em .

(João Lemes)* Como o Português está em constante transformação, a cada dia surge uma nova expressão e, às vezes, ela foge da norma culta. Portanto, se você quer falar e escrever corretamente, desvie desses modismos.

Tenho ouvido muito a expressão “por conta de” em vez de “por causa de”. As duas existem, só que a primeira se usa para designar “a cargo de”.

– Não fui à academia “por causa” da chuva (errado).
– Hoje a sobremesa “é por conta” da casa (correto).

Como se vê, “por causa de” indica a razão de algo, como devido a, por motivo de, em razão de, em virtude de, graças a…

-O acidente aconteceu “por causa” dos buracos.
– Ele está feliz por causa da aprovação no mestrado.

“Por conta de” indica que algo está a cargo ou sob a responsabilidade de alguém, como a cargo de, às custas de, sob a responsabilidade de… Também indica quando algo é custeado ou financiado por alguém.

-As tarefas do lar hoje ficam por conta dos filhos.
-A despesa com o casamento fica por conta dos noivos.

*(Jornalista e professor de Língua Portuguesa –  Santiago –  RS)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *