Sobre o aumento da temperatura nos oceanos

Publicado por em .

Reprodução.

(Arlindo Disconzi)
Pesquisadores americanos, chineses e asiáticos constataram que a temperatura dos oceanos está aumentando. Em 1990 era de 26 graus; em 2018 passou para 28. Esse aquecimento traz uma grande preocupação; causa expansão das águas pelo derretimento das geleiras, aumentando a salinidade e mais evaporação, formando nuvens que vão produzir fortes chuvas no continente. É o que você ouve todos dias nos noticiários: chuvas torrenciais, inundações etc., chegando a chover em 24h, o total previsto para todo mês, principalmente em cidades costeiras, onde mais tem população. Os gases CO2 e metano impedem que os raios caloríficos voltem ao espaço aquecendo o ar.

O furacão Catarina, no sul do Brasil, foi uma prova de que já está acontecendo essa transformação do clima. No Brasil, já está se prevendo mais furacões. As águas do Oceano Atlântico estão aquecidas até 75m de profundidade. Isso significa mais evaporação, mais nuvens e mais chuvas torrenciais.

As águas dos oceanos subiram 19cm de 1990 a 2018 e estão previstos dois metros até o final deste século. Está acontecendo invasão das águas dos oceanos nas fozes dos rios como o São Francisco, em cujas margens está morrendo a vegetação pela salinidade e impedindo a agricultura. Também estão previstas secas no interior da África. Tudo isso causado pelo efeito estufa. O que preocupa é que quem tem autoridade para diminuir isso, não está dando o devido atenção.