Trovas do Atanásio

Publicado por em .

(Tadeu Martins)Trovas do Atanásio
Maduro larga o baraço
Tua vida se amarela,
Não chove na tua horta
Cresce muito inço nela,
Se amadurecer demais
Apodrece a Venezuela.

Assim é a natureza
Quem chega um dia se vai,
Se nascer um dia morre
Se entrar um dia sai,
Se estiver embaixo sobe
Se estiver em cima cai.

Deus abençoa o maduro
Que amadurece consciente,
Tem a luz do sol na vida
Boa terra pra semente,
Dando lavoura sadia
Pra alimentar sua gente.

Maduro tenha consciência
Não banque igual satanás,
Teu povo quer ser feliz
Sem ficar com pé-atrás,
Doando o suor pela pátria
Sob a bandeira da paz.