Trovas do Atanásio

Publicado por em .

(Tadeu Martins)
Tu, cinza do 3 de junho
Pegues tinta e se aquareles
Numa planilha de cores
E com nuvens se empapeles
Pra ter rimas coloridas
Do poeta Oracy Dornelles.

Que o firmamento receba
Com a caneta na mão,
Pedindo escrever uns versos
Num livro de cerração,
Depois Santiago na chuva
Faz um tapete no chão.

O artista das miniaturas
Que um alfinete promulga
Um grão de arroz tem Beethoven,
Cartaz do Cine divulga
Van Gogh aplaude em pé
O grande Circo de Pulga.

Sem Agonia nas Trevas
O teu hoje são Cantares,
O que importa em Oracy
Amar a vida em voares,
Santiago continuará
Com poesia nos ares.