Lula diz que querem transformar o Brasil no Caldeirão do Huck

Lula diz que querem transformar o Brasil no Caldeirão do Huck

Faltando uma semana para o julgamento no TRF-4, o ex-presidente falou para uma plateia de apoiadores, a maioria  ligados à cultura. Lula disse que a Justiça Federal em Porto Alegre fez “leitura dinâmica” da sentença do juiz Sergio Moro, que o condenou no processo do tríplex do Guarujá (SP). O petista afirmou ainda que  seus opositores “querem transformar o Brasil no Caldeirão do Huck”, numa referência ao apresentador da Luciano Huck, citado como possível candidato à Presidência, embora já tenha negado a possibilidade.

“Não posso falar dos juízes de Porto Alegre, não conheço. Mas acho estranho que tenham dito que a sentença do Moro é irretocável, sem ler. Leram não sei quantas mil páginas em poucos dias. Mas tem a leitura dinâmica”, ironizou. Lula também voltou a fazer críticas ao juiz Sergio Moro, que o condenou em primeira instância a nove anos e seis meses de prisão no caso do triplex. “Juízes com o comportamento dele deveriam ser exonerados”.