O que eu penso do senhor Lula?

O que eu penso do senhor Lula?

(João Lemes) Tudo começou com Plano Real que reelegeu Fernando Henrique. Com a economia estável, Lula entra e agrada as classes mais pobres com bolsa-família, financiamentos, casinhas. Colocou mais verba na educação. Ótimo! Só que isso fez dele um superpresidente, um dos mais populares da história.

Por que Lula ainda lidera as pesquisas?
Todos sabem que o ser humano precisa seguir alguém acima dele. Como Lula era a garantia de vidas melhores, ele foi o escolhido pela maioria. Some-se a isso um discurso simples e direto, mais a grana das empreiteiras para comprar marqueteiros. Deu no que deu. Ele foi do populismo para o messianismo, como bem disse o economista Ricardo Hingel.

Messianismo puro
Hingel explicou ainda que o messianismo é uma crença profunda de que alguém tenha um papel para benefício da humanidade inteira, a capacidade de mudanças radicais graças à intervenção de sua liderança com auras de divindade. Pronto. Eis a razão de tanta pontuação nas pesquisas. Mesmo sendo condenado pelo maior roubo da história, Lula ainda tem 1/4 do eleitorado brasileiro. Eu disse Lula, não o PT.

Líderes e mártires
Quando digo seguidores, convém lembrar que a história nos brinda com dezenas de líderes que traficavam, matavam (caso de Escobar e Hitler) e que, mesmo assim, tinham os apaixonados – para não dizer fanáticos. Então, o caso de Lula é fichinha. O povo gosta de líderes que se julgam mártires.