A novela Jorge Martins: volta ou não volta? – 02/12/11

A sessão da câmara desta semana esquentou quando os vereadores do PTB, Maria Dutra Lutz e José Luis Cogo afirmaram que Jorge Martins reassumiria na prefeitura e que a posse aconteceria até esta sexta. Martins teve um parecer favorável do desembargador Marco Aurélio Henz no caso dos medicamentos e que havia resultado em sua cassação. Acompanhe o que alguns vereadores disseram:Maria de Fatima Dutra Lutz, PTB – “Não vou ser hipócrita. Me sinto orgulhosa e muito feliz pela volta do nosso prefeito Jorge.Gilberto Rosa, PP – ” A gente fica aqui de palhaço, porque a justiça manda declarar vago o cargo e depois manda empossar ele de novo. E nós somos cobrados na rua depois para dar explicação.”Laurício Silveira, PMDB – “Não somos culpados por ele sair e não temos o mérito pela sua volta.”Câmara irá contestar – O vereador Paulo Flores disse que a câmara vai contestar a decisão do desembargador e já reuniu toda a documentação. O presidente mencionou que até o momento não recebeu nem um oficio ou documentação exigindo o retorno de Martins e disse que só vai empossar Jorge Martins se a juiza do município determinar. Advogado garante que Martins volta – Conforme Luiz Paulo Flores, o processo tinha falhas que permitiram recorrer da sentença que decretava o cargo de prefeito vago. Agora, o único empecilho para o retorno de Martins é a medida cautelar que o afasta da prefeitura pelo período de 120 dias. Luis Paulo já está trabalhando em cima desta ação e o máximo que pode acontecer é ele ter que cumprir estes 120 dias de afastamento. Mais contas erradas – As contas de 2009 de Jorge Martins tiveram apontamentos do Tribunal que emitiu um parecer estipulando multa para o ex-prefeito. No entanto, os vereadores vetaram o parecer por 5 x 3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *