Espig abandona o PMDB – 27/05/11

O mal-estar no meio jurídico já respingou na política assisense. A troca de acusações entre o ex-vereador Jeremias Oliveira e o advogado Jari Espig, presidente da OAB, teve como desfecho a saída do advogado do PMDB. Primeiro, Espig tinha acusado Jeremias de aproveitar o caso dos advogados para transformar em palanque eleitoral. Na defesa, o ex-vereador disse que não se preocupava com política, pois as pessoas logradas eram de todos os partidos. O advogado pediu apoio do PMDB contra Jeremias, mas não teve apoio. Com isso, pediu o desligamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *