Ivo Patias com as contas rejeitadas – 07/01/11

Dois anos após o encerramento de sua administração na prefeitura de Jaguari, o prefeito Ivo Patias e a vice, Aida Fiorin, poderão ter suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas. O órgão não aceitou os argumentos feito pelo ex-prefeito e eles (Ivo e Aida) poderão ficar impedidos de concorrer nas próximas eleições. O problema é referente ao ano de 2008, último ano da gestão, quando deixaram mais de um milhão e 700 mil reais de restos a pagar, sem provisão financeira, o que gerou muita dor de cabeça para o prefeito João Mário Cristofari, que assumiu a prefeitura com os cofres raspados. Com base em valores atualizados, o Tribunal apontou a falta de dinheiro no encerramento do exercício de 2008, no valor de R$ 1.712.889,26, superior em 131,89% (pontos percentuais) à apresentada no encerramento do exercício de 2004, demonstrando uma situação de desequilíbrio financeiro durante a gestão de Ivo e Aida.Descontava e não repassavaO Tribunal também pediu explicação ao ex-prefeito dos R$ 194.416,89, de terceiros, que foram utilizados para cobrir outras obrigações financeiras. No balanço, aparece o valor de 288.735,65 que se refere a retenções na folha de pagamento (Previdência e outros descontos na folha de pagamento). Porém, para o efetivo repasse a disponibilidade é de 94.318,76 faltando, portanto, R$ 194.416,89 que era dinheiro que deveria ser repassado, pois foi descontado dos servidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *